Do autor
Product ID: 3685
Product SKU: 3685
New In stock />
Cultivo do Cafeeiro Irrigado em Plantio Circular Sob Pivô Central

Cultivo do Cafeeiro Irrigado em Plantio Circular Sob Pivô Central

Estoque: 1 Marca: Do autor

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete
É com honra que recebi e atendi o convite dos autores, profissionais de maior respeito na cafeicultura irrigada, para escrever o prefácio desta obra.

Trata-se de um trabalho que discorre sobre uma nova tecnologia para o cultivo do cafeeiro irrigado pelo sistema pivô central.

Os aspectos tecnológicos são expostos de maneira simples e objetiva, própria de profissionais que convivem continuamente com a assistência técnica agronômica.

Os autores discorrem sobre as vantagens e desvantagens desta nova tecnologia e detalham como cultivar o cafeeiro em plantio circular sob pivô central, desde o preparo do solo até a fase produtiva, além da instalação e manutenção do sistema de irrigação.

Os cafeicultores brasileiros, bem como os técnicos e engenheiros agrônomos e agrícolas, particularmente atuantes nas regiões sujeitas a deficiências hídricas à cafeicultura, irão certamente aproveitar os ensinamentos apresentados.

A publicação que apresentamos destina-se aos cafeicultores, professores, pesquisadores, estudantes e técnicos que se ocupam da cultura do cafeeiro irrigado, visando dessa forma contribuir e ampliar os conhecimentos sobre esta nova tecnologia na irrigação do cafeeiro.

APRESENTAÇÃO – 15
AGRADECIMENTOS – 17
PREFÁCIO – 19

1. INTRODUÇÃO – 21

2. VANTAGENS E DESVANTAGENS DO PLANTIO CIRCULAR DO CAFEEIRO IRRIGADO SOB PIVÔ CENTRAL – 25
2.1. Plantio circular x plantio convencional ou em linha – 25
2.1.1. Vantagens – 25
2.1.2. Desvantagens – 27

3. SELEÇÃO DE ÁREAS – 29
3.1. Clima – 29
3.1.1. Aptidão térmica – 29
3.1.2. Aptidão hídrica – 32
3.1.3. Umidade relativa do ar – 40
3.1.4. Luminosidade – 41
3.1.5. Ventos – 41
3.2. Solo – 41
3.2.1. Profundidade do solo – 42
3.2.2. Textura – 42
3.2.3. Estrutura e porosidade – 43
3.2.4. Adensamento – 44
3.2.5. Características do solo voltadas ao manejo de água – 44
3.2.6. Características químicas – 47
3.3. Água necessária para a irrigação – 48
3.3.1. Balanço Hídrico e quantificação da água para irrigação do cafeeiro em planilha modelo completo – 52

4. IMPLANTAÇÃO DA LAVOURA – 55
4.1. Limpeza da área – 55
4.2. Instalação do Pivô Central com LEPA – 59
4.2.1. O método “LEPA” – 59
4.2.2. Pivô central equipado com emissores “LEPA” – 61
4.2.3. Componentes do sistema e suas funções – 61
4.2.4. Operação do sistema – 65
4.2.5. Características específicas do método LEPA – 65
4.2.6. Pivô rebocável com opção no plantio circular do cafeeiro – 67
4.2.7. Recomendações na aquisição e instalação do pivô – 67
4.3. Demarcação e Locação dos Carreadores e Acesso – 70
4.4. Espaçamento e Variedades – 73
4.5. Preparo do Solo e Fertilização – 74
4.5.1. Calagem em área total - considerações e recomendações – 75
4.5.1.1. Modo – 75
4.5.1.2. Quantificação ou dose de calcário por hectare – 75
4.5.1.3. Tipo e qualidade do calcário – 78
4.5.2. Preparo físico do solo – 79
4.5.3. Alinhamento e sulcamento – 80
4.5.4. Fertilização do sulco – 80
4.5.4.1. Fontes de nutrientes a utilizar – 80
4.5.4.2. Doses dos adubos químicos e orgânicos – 87
4.5.4.3. Aplicação do calcário, adubos químicos e orgânicos no sulco de plantio – 91
4.5.5. Assentamento do sulco para o plantio – 92
4.6. Plantio e Replantio – 93
4.6.1. Plantio – 93
4.6.2. Replantio – 95
4.7. Quebra-Ventos – 96
4.7.1. Quebra-Ventos temporários – 96
4.7.2. Quebra-Ventos definitivos – 97

5. CONDUÇÃO DA LAVOURA – 99
5.1. Tratos nutricionais – 99
5.1.1. Funções dos nutrientes no cafeeiro – 100
5.1.2. Exigências de nutrientes pelo cafeeiro – 101
5.1.3. Deficiências, excessos, toxidades e suas causas – 105
5.1.4. Excessos, toxidades e correlações solo-folha – 110
5.1.5. Causas prováveis das deficiências, excessos e toxidades – 110
5.1.6. Níveis dos nutrientes, modo e parcelamento – 110
5.1.6.1. Na fase de formação – 114
5.1.6.1.1. Níveis dos nutrientes – 114
5.1.6.1.2. Ajustes e correções nutricionais – 116
5.1.6.1.3. Modo e parcelamento – 116
5.1.6.1.4. Fontes de nutrientes – 116
5.1.6.2. Na fase de produção – 119
5.1.6.2.1. Níveis de nutrientes – 121
5.1.6.2.2. Correções e ajustes – 123
5.1.6.2.3. Modo e parcelamento – 126
5.1.6.2.4. Fontes dos nutrientes – 127
5.1.6.2.5. Adubação orgânica – 127
5.1.6.2.6. Nutrição foliar – 128
5.1.6.2.7. Comportamento dos nutrientes e principais insumos no solo e no cafeeiro – 178
5.2. Tratos culturais – 180
5.2.1. Capinas – 180
5.2.1.1. Capina manual – 181
5.2.1.2. Capina mecânica – 181
5.2.1.3. Capina química – 182
5.2.2. Podas e desbrotas – 186
5.2.2.1. Desbrotas – 186
5.2.2.2. Podas – 186
5.3. Tratos fitossanitários – 189
5.3.1. Doenças – 189
5.3.1.1. Ferrugem – 190
5.3.1.2. Cercosporiose – 194
5.3.1.3. Phoma – 196
5.3.1.4. Ascochyta – 197
5.3.1.5. Mancha aureolada – 198
5.3.1.6. Mancha anular (Leprose) – 199
5.3.1.7. Outras doenças – 199
5.3.2. Pragas – 201
5.3.2.1. Bicho mineiro – 201
5.3.2.2. Broca – 206
5.3.2.3. Lagartas – 207
5.3.2.4. Ácaros – 208
5.3.2.5. Cochonilhas – 210
5.3.2.6. Cigarras – 211
5.3.2.7. Moscas das raízes – 212
5.3.2.8. Outras pragas de menor importância – 212
5.3.2.9. Nematóides – 214
5.3.2.10. Pragas do café armazenado – 214
5.4. Rendimentos médios de Operações para a condução da lavoura – 215

6. QUIMIGAÇÃO – 217
6.1. Sistemas de injeção – 217

7. COLHEITA – 221
7.1. Considerações gerais – 221
7.2. Colheita – 222
7.2.1. Preparo para a colheita – 222
7.2.2. Arruação – 223
7.2.3. Colheita – 223
7.2.3.1. Época – 223
7.2.3.2. Modo e cuidados – 225
7.3. Preparo do café – 228
7.3.1. Processamento – 228
7.3.1.1. Via seca e úmida seca – 228
7.3.1.2. Via úmida – 228
7.3.2. Secagem – 229
7.3.2.1. Secagem em terreiros – 229
7.3.2.2. Secagem em secadores – 231
7.3.3. Benefício e armazenagem – 232
7.4. Rendimentos e informações úteis para a colheita e preparo do café – 235

8. RECOMENDAÇÕES TÉCNICAS PARA FUNCIONAMENTO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA PIVÔ CENTRAL - EMISSORES LEPA – 239
8.1. Operação do Pivô Central - Cuidados a serem tomados – 239
8.2. Manutenção do sistema pivô central – 241
8.3. Construção da base do pivô – 247

9. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA – 249

Autores: Roberto Santinato e André Luís Teixeira Fernandes
Ano: 2002
Número de Páginas: 251
Tamanho: 17 x 24 cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 85-902738-1-4

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Editora: Do Autor
  • Autor: Roberto Santinato, André Luís Teixeira Fernandes
  • ISBN: 85-902738-1-4
  • Edição: 1
  • Data de Publicação: 2002
  • Número de páginas: 251